quinta-feira, 8 de setembro de 2011

Transportes

Já há muito que não andava de autocarro e de eléctrico. Ontem, com o meu namorado, tivemos de andar de transportes. Nunca pensámos que fosse tão caro, os preços aumentaram e muito.
Apanhámos o eléctrico 28 e o preço da tarifa de bordo é de €2,85. Quando o senhor da carris me pede €5,70 por dois bilhetes até "engasguei". Tinha saído mais barato ir de táxi, tendo em conta o percurso que íamos fazer.
Depois, fomos de metro, onde eu paguei €1,55 (tarifa + cartão viva viagem) e o meu namorado €1,05. Para regressar a casa, tivemos de vir de autocarro, para tal carregamos os cartões viva viagem num quiosque, onde cada bilhete é €1,05.
Fazendo as contas, numa manhã, eu e o meu namorado gastámos em transporte €10,40.

Visto isto, dizem-nos que devemos andar de transportes, que poupamos mais dinheiro, que devemos deixar o carro em casa. Se tivéssemos levado o carro, considerando o preço do estacionamento na Baixa de Lisboa, não tínhamos pago tanto. Os transportes estão muito caros e nada acessíveis para quem tem mesmo a necessidade de andar neles. Ou temos os passe mensais, que também estão bastante mais caros, ou então a solução é mesmo andar de carro. Isto com a agravante que, com este calor, andar de transportes torna-se insuportável.


4 comentários:

  1. realmente que abuso, não sabia que andar de eléctrico era tão caro!!

    ResponderEliminar
  2. Acredita que se soubesse que era tão caro não tinha andado!!!

    ResponderEliminar
  3. os transportes são um abuso...
    eu moro na margem sul e sempre tenho trabalhado em Lisboa, pelo que gasto cerca de 120€ mensais em passe. fazendo as contas, sai-me mais barato o passe que sair da casa dos meus pais, mas ainda assim... até dói!

    ResponderEliminar
  4. no Verão passado estive uma semana em Lisboa a passeio, e também achei os transportes caríssimos!

    **

    ResponderEliminar