sexta-feira, 30 de novembro de 2012

O telemóvel toca, olho para o número e não faço ideia de quem seja. Do outro lado: "Olá L., tudo bem?É a P., podes falar ou estás no trabalho?"
Eu respondo:"Tudo bem P. Posso falar sim.Diz!!!" Penso cá para mim:Oh!!! Já não dizes nada há tanto tempo, o que queres agora. Vens pedir qualquer coisa!!!

E, era verdade, era para pedir qualquer coisa. Nomeadamente, aconselhamento jurídico, devido a uma penhora de ordenado...

Porque é que as pessoas só se lembram das outras quando precisam de algo. Irrita-me e irrita-me ainda mais a minha estupidez, porque respondo sempre e não consigo dizer que não tenho tempo ou que não posso. Principalmente com a P. que faz sempre a mesma coisa, pois é capaz de desaparecer por um ano inteiro e quando precisa, liga.

Será que foi desta que aprendi e para apróxima digo que estou ocupada?

Vamos ver!!!

Finalmente...

 
 


quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Pensamento Positivo

 
 
 
 
 
Neste momento e, com o que se avizinha para o próximo ano, temos mesmo de pensar positivo...

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

Há coisas que nem dão para acreditar

Como sabem, este mês iniciei uma nova aventura laboral. Continuo na área dos seguros, apesar de ter deixado os seguros auto.

Trabalhava numa grande companhia de seguros internacional, com um grande volume de trabalho, daquelas que é impossível acabar. Com um bom ambiente de trabalho, bons e maus colegas (como em todo o lado) e, até certo ponto, com possibilidades de crescimento dentro da empresa. Apesar, de estar com contrato a termo incerto por uma empresa de trabalho temporário.
Entrei com mais 7 colegas para um novo projecto (do qual ainda não sabiam a duração), inovador na maneira como as seguradoras trabalham em Portugal,etc e etc.
Ao final do segundo mês, mandaram 4 dos colegas embora por acharem que já não havia necessidade de tanta gente. Ao final do terceiro mês, mandaram mais uma colega embora. Resumindo, fiquei eu e outra colega (a V).
Escusado será dizer que ressentimos a falta dos colegas mandados embora, uma vez que  o volume de trabalho aumentou e não foi tão pouco assim. Por essa altura disseram-nos que, a nossa situação iria ser revista em Setembro. Até lá o volume de trabalho veio sempre a aumentar (sem previsões de diminuir).

Não falaram connosco em Setembro, mas em Outubro eu e a V. recebemos, por parte dos RH, a informação que iríamos fazer os psicotécnicos. Tudo indicava que iriamos ter um contrato directamente com a seguradora. Nada disso!!! Numa quinta-feira recebi a convocatória para ir fazer os ditos psicotécnicos e na segunda-feira seguinte recebia em casa a carta a informar da caducidade do contrato. Ao que parece (justificação dada ao meu chefe de equipa), o volume de trabalho já não justificava ter tanta gente, pelo que, eu e a V. viemos (literalmente) para o olho da rua.

Até ao meu último dia, o meu chefe de equipa tentou fazer com que ficassem comigo e com a V. , uma vez que uma colega iria entrar (já entrou)em licença de maternidade este mês e outra daqui a uns meses. Mas, todos os seus esforços foram em vão. Eu a V. viemos embora. Apesar, de o director do departamento, segundo o que parece, querer voltar atrás para continuarmos lá e, segundo o que parece, o nosso desempenho era muito bom (segundo as suas palavras).

Soube agora por uma colega de lá, que mandaram outra colega embora (também temporária). Ou seja, estão "entalados" em trabalho e continuam a mandar pessoas embora.

A V. ainda não arranjou trabalho e, o nosso chefe de equipa disse-lhe que continuava a tentar fazer com que ela voltasse.
Falei agora com a V. e soube que não a contactaram e, segundo ela, não a vão contactar. Perdeu as esperanças...

Agora digam-me, precisam das pessoas, mandam-nas embora, continuam a precisar das pessoas e mesmo assim não as voltam chamar. O que posso chamar a isto?

Injustiça?Estupidez?Má gestão?

NÃO SEI o que será, mas que não é correcto não é.

Tenho de Estudar

 
 
 
 
Eu quis fazer a Pós-graduação e ainda por cima quis fazê-la em Coimbra!!!Aonde é que o tinha a cabeça? Para ser sincera,não sei.
 
O problema: tenho que estudar e não sei bem como. E porque? Porque, assim de repente, não tenho tempo. Ou hei-de de estar a trabalhar e nunca saio a horas e chego a casa e só me apetece tomar um banho e ir dormir.Ou chego a casa e tenho de ser eu a fazer as coisas porque a mãe trabalha por turnos e o pai não sabe fazer comida (nem ovos estrelados).Ou porque aos Sábados, passo o dia todo em Coimbra, com aulas das 10h às 17h30. Ou porque o único dia que me resta,o Domingo é para fazer o que não posso fazer durante a semana e para descansar um bocado.
Mesmo este Sábado, que é feriado, tenho de ir para Coimbra, porque tenho aula (ninguém merece).
 
Solução: arranjar tempo entre isto tudo para estudar,sem deixar de dormir está claro. É que qualquer dia pareço um zombie.
 
Tenho de arranjar uma maneira, aí tenho, tenho...
 

Frio

Parece que veio para ficar. E, segundo os senhores da meteorologia, fica até Domingo.

 
 


terça-feira, 27 de novembro de 2012

Bom de se ouvir


Dá para acreditar

Em 2009, completei o 1º ano de Mestrado na Universidade onde me licenciei. Não concluí o mesmo por variadíssimas razões. Sendo que, a principal foi o ter achado que me estavam a dar o Mestrado pelo facto de estar a pagar (a Universidade é privada). No final do ano achei que não tinha aprendido nada de novo para além do que aprendi no curso. Acabou por ser uma perda de tempo e, acima de tudo, de dinheiro.

Agora como estou a fazer a Pós-graduação (bem mais proveitosa) resolvi, na minha inocência, perguntar como poderia obter um comprovativo da conclusão do 1º ano do Mestrado, com a respectiva nota final.
A sra. muito educada na resposta ao meu e-mail, pedindo desculpa pelo tempo que demorou na resposta, diz-me que é muito simples: basta solcitar o certificado relativo ao 1º ano, vem com a indicação das notas das duas unidades curriculares do 1º ano e dos ECTS e tem o custo de €100.

CEM EUROS!!!Devem estar a gozar comigo não. Até me engasguei quando li o e-mail da sra. simpática. Já lá andei a pagar o curso, para além de ter pago uma pequena fortuna pelo Diploma, comecei a pagar o Mestrado e agora querem €100 pelo comprovativo da conclusão do mesmo. Será que não querem mais nada???
Com tanta contibuição à Universidade Lusíada, já devia ter, pelo menos, uma sala com o meu nome.

Vão mas é roubar para a estrada!!!

Bom dia





segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Para quem não consegue deixar de fumar

Para aqueles que  não conseguem ou não querem deixar de fumar aqui está uma notícia que, vos pode fazer mudar de ideias.
É que fumar apodrece o cérebro. Sim, apodrece o cérebro ao danificar a memória, a capacidade de aprendizagem e de raciocínio.
Para além de todas as consequências que o tabaco tem, tais como aumentar o risco de enfarte e de AVC, agora também se descobriu que estes riscos estão significativamente associados ao declínio cognitivo.

Resumindo, o tabaco para além de fazer mal ao coração e aos pulmões, também faz mal à cabeça.
Aqui está, uma boa razão para deixar de fumar já hoje!!!

 


É Segunda-feira

É segunda-feira e eu estou assim...

 
...com cara se segunda-feira!!!

sábado, 24 de novembro de 2012

De Coimbra a Lisboa

Vou neste momento a caminho de Lisboa e ainda me faltam 2 horas para chegar (vou de autocarro).

Vou a ouvir Adelle no meu IPod,mas vai um senhor indiano a ouvir aquelas músicas chatinhas deles e vai a ouvir bem alto.Muito gosta esta gente de dar música aos outros...Que irritação.Logo eu que detesto ouvir música muito alto.

Depois, deve vir aqui alguém que trouxe a marmita,pois é um cheiro a carne assada que até enjoa.

Cada viagem é uma aventura.Já tive que mudar de lugar porque o meu vizinho do lado (indiano) cheirava tão mal que quase vomitava.Já tive um que implicou comigo porque eu estava no lugar dele (eu que escolho o meu lugar na net).Também já tive uma senhora que logo às 7 da manhã queria tagarelar...

São 6 meses a vir todos os sábados para Coimbra e 1 já passou.Quem corre por gosto não cansa.E vai compensar.

Bem e agora vou dormir um pouco...Já só falta 1h30 para chegar.

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Para ouvir no Fim-de-Semana



Bom Fim -de-Semana a todos ;)

Fim do Mundo

Afinal o fim do mundo tem nova data marcada. Isto de estar sempre a alterar datas, não pode ser. Assim uma  pessoa não sabe às quantas anda. Ao que parece os Maias já tinham profetizado o dia 23 21 de Dezembro. Mas entretanto falou-se em Agosto 2010 , depois em Maio de 2011. Mas nada aconteceu.

Parece que agora o fim do mundo está marcado para 23 21 de Dezembro. Ainda por cima antes do Natal. Pelo menos que nos deixem juntar a família de 24 para 25 de Dezembro. Já que andam sempre a alterar datas, que alterem para outro dia qualquer.

Ainda por cima, há gente que acredita nestas coisas e fica desvairada. Já estou a imaginar muita gente no dia 23 21 de Dezembro a fazer baboseiras, porque o mundo vais acabar.

Façam como eu, que não acredito. Ninguém fica neste mundo e tudo o que começa tem de ter um fim. Mas não há-de ser na nossa altura, nem na dos nossos filhos, netos ou bisnetos. Apesar dos recursos da terra estarem a acabar, ainda existem muitos. E cabe a nós, fazer com que esse recursos não acabem tão rápidamente.



                                                                              

Hoje está um frio...

É impressão minha, ou hoje está um gelo na rua (Lisboa)? Qualquer dia começo a vir de cobertor para a rua. Quero lá saber que me chamem doida! Isto está que não se pode. Tenho os pés gelados, tenho as mãos que nem as sinto.

Para mim que sou muito, mas muito friorenta, este tempo mata-me. Mesmo no escritório, onde tenho ar condicionado, eu estou cheia de frio. E, só de pensar que ainda falta tanto tempo para o calorzinho, ainda me deixa mais deprimida. Quero calor, Sol e Sol e mais Sol.

 
 


É assim que me sinto, no meio do gelo!!!

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Oportunidade de emprego (fora do país)

"Com o desemprego jovem a chegar aos 39%, a hora é de pensar em formações que lhe garantam um lugar no mercado de trabalho.
Trabalhar na sede da BMW em Munique, na Alemanha, com um salário superior a cinco mil euros e com possibilidades de viajar e progredir rapidamente na carreira pode ser o sonho de muitos. Se tiver um curso de engenharia mecânica, electrónica, industrial ou em sistemas de informação pode muito bem ser um sonho possível de passar à realidade. Recentemente a BMW veio a Portugal entrevistar candidatos para os seus escritórios na Alemanha. Se está interessado poderá enviar a sua candidatura para bewerber.hotline@bmwgroup.com. Para saber as vagas disponíveis basta ir a www.bmwgroups.jobs. Uma multinacional com mais de cem mil trabalhadores em cem países e que aceita candidatos também na área das ciências sociais, direito e economia." - in Diário Económico
 
E porque não ir trabalhar para a Alemanha. Se por cá está cada vez pior para arranjar um trabalho (seja que trabalho for) mais vale fazer as malas e partir à aventura.
 
Para quem estiver interessado é só ir ao site acima indicado.

União Europeia custa uma bica por dia

"Quando saborear hoje o seu café expresso lembre-se que esse é o valor aproximado da contribuição diária que cada europeu dá em média para o orçamento comunitário dá à União Europeia. Cada cidadão europeu contribui em média com 67 cêntimos por dia, para o orçamento comunitário. A UE devolve diariamente cerca de 63 cêntimos, numa estratégia de redistribuição da riqueza e guarda 4 cêntimos para o funcionamento administrativo da máquina comunitária." - in Diário de Notícias

Isto quer dizer que mesmo que eu hoje não beba um cafézinho na rua, teoricamente bebi um. Eu e todos os portugueses. Nem sei o que dizer...

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Polar Postcrossing 2012

Em 2011 participei e adorei.
Este anao, claro que não podia deixar de participar (mais vale tarde do que nunca)...





Passatempo com sabor a Chocolate

É um passatempo que dá chocolates, então foi feito para a minha pessoa. Adoro, mas adoro chocolate e tudo o que tenha chocolate.

Se quiserem participar é só darem uma vista de olhos aqui ...

Agora deliciem-se com o aspecto da oferta:



Aluno com fome desmaia nas aulas

Li esta notícia agora de manhâ no JN online:

"Um aluno do 11.º ano desmaiou durante uma aula por ter fome, numa escola em Lisboa. O caso foi denunciado pela professora no Facebook horas depois do ocorrido, gerando uma onda de consternação.
Já se tinha queixado no estabelecimento de ensino de não ter dinheiro para pagar o passe, tendo em conta que ruma diariamente do Barreiro a Lisboa, e de outras carências. Porém, esta terça-feira, as dificuldades do jovem aluno atingiram um patamar gritante, que só tinha similar na Grécia: desfalecer em plena sala de aulas porque ainda não tinha comido nada.
O episódio foi relatado, ao início da tarde, no facebook, por Anabela Rocha, professora que leciona naquela escola, pulverizando-se pela rede social e por vários blogues. Ao JN, salvaguardando a identidade do jovem, a docente contou que a escola tem tentado ajudar o aluno, que já conta com mais de 18 anos, mas que esse apoio se cinge neste momento ao transporte."

E fiquei sem palavras. O rumo que o meu país está a levar. Um aluno que desmaia devido a não ter comido nada naquele dia!! Não dá para acreditar.
Penso que é através destas notícias que despertamos para a realidade de alguma famílias portuguesas. Não têm dinheiro para dar comida aos seus filhos, não têm dinheiro para lhes pagar os transportes para poderem ir para a escola.

É triste que estas situações aconteçam. Mas pior é saber que estas situações não são pontuais e que se estão a tornar até demasiado habituais. E, o que se faz perante uma situação destas? Quem de direito não faz nada. Tem de ser um professora a denunciar o caso e tem de ser a escola a apoiar o aluno e a criar soluções.

É esta a Troika do meu país...

terça-feira, 20 de novembro de 2012

Concerto Muse - Junho 2013

De quem é que foi a ideia (estapafúrdia) de marcar um concerto para dia 10 de Junho de 2013 (Segunda -feira)??? Tudo bem que é feriado, mas é uma Segunda-feira... No dia a seguir a maioria dos Portugueses tem de ir trabalhar!!!

Já não basta o concerto ser no Porto, ainda tinha de ser marcado para um Segunda-feira. Ainda se vivesse no Porto, podia pensar duas vezes, e no dia a seguir ir "vegetar" para o trabalho. Agora vivo em Lisboa, no dia a seguir tenho de  trabalhar, é impossível ir ao concerto.

Porque não marcar o concerto para Sábado!!! Era uma boa ideia, não era?

 
 

De cara lavada

Como este é um regresso ao mundo da blogosfera, porque não um regresso de cara lavada!!!

Faz bem aos ouvidos...

 
 
 

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

De volta...

Há tanto tempo que não andava por estas bandas!!!

Ou é o trabalho que não deixa, ou chego a casa e não tenho vontade de ligar o computador.
Isto nos últimos meses tem sido para o atribulado. Foi o mudar de trabalho, foi o iniciar uma Pós.Graduação (em Coimbra). Tem sido tudo ao mesmo tempo, que por vezes sinto que nem tenho tempo para mim.

O único dia que agora tenho para descansar é o Domingo, que não me "sabe" a nada. É o querer ficar em casa na "ronha" sentadinha no sofá a ver tv (e uns minutos depois estar a dormir).

Mas como se costuma dizer, "Quem corre por gosto, não cansa".

O que importa é que estou de volta ao mundo dos blogs...