terça-feira, 22 de janeiro de 2013

Ideias para o Gaspar...

O novo Ministro das Finanças japonês diz que a morte de doentes idosos alivia as contas do Estado. Considera que, estes devem morrer rapidamente para aliviar o Estado do pagamento das contas de saúde. Dizendo ainda, que os custos dos tratamentos, que prolongam a vida a pessoas com doenças sem recuperação, são desnecessários e penalizadores para a economia do país. 

"Deus queira que [os idosos] não sejam forçados a viver até quando quiserem morrer. Eu sentir-me-ia muito mal sabendo que o tratamento estaria a ser pago pelo Governo” São estas as suas palavras.

Considerando que, no Japão um quarto dos 128 milhões de habitantes estão acima dos 60 anos...nem sei o que dizer. O senhor deve ser ou deve estar doido ou nem dele gosta (tem 72 anos).

Agora imaginem que o Gasparzinho ouviu o homologo japonês? Aí é que o país vai desta para melhor e nós também.

2 comentários:

  1. Quando ouvi essa noticia na rádio, pensei exactamente o mesmo que tu!!!
    Se o nosso Gaspar ouve isso, vai ser o bom e o bonito!!!

    ResponderEliminar
  2. Que horror... lá está, pode-se dizer "isso não se diz aqui nem na China".

    ResponderEliminar