sexta-feira, 3 de maio de 2013

Lágrimas nos olhos

Ao ver a Serenata Monumental, que dá inicio à semana académica, vieram as lágrimas aos olhos.
Não cursei em Coimbra, mas este ano andei lá a tirar uma pós-graduação e, sei que o espírito é verdadeiramente sentido (como se pode ver nas imagens).

Passam no próximo dia 14 deste mês, 8 anos sobre a minha bênção da fitas (em Lisboa). E, passados estes 8 anos, muitas vezes penso para quê tantas horas de estudo, tanta pestana queimada, tantos nervos. Por vezes, acho que foram 5 anos de curso perdidos.
De que me serve um curso, para trabalhar sempre a contrato ou a termo incerto ou a termo certo (6 meses) e passado o termo, olho da rua. Sem darem qualquer valor ao meu trabalho. E, ainda mais, sem mostrarem qualquer respeito.

Sim, vieram-me as lágrimas aos olhos, porque quando se acaba o curso tudo parece fácil,mesmo sabendo que pode ser difícil. E sim, vieram-me as lágrimas aos olhos, porque este país já não respeita ninguém. Além de não ser um país para velhos, não é país para jovens...


3 comentários:

  1. Pois eu cursei em Coimbra e já lá vão 17 anos desde que acabei o curso e ainda hoje me arrepio toda... Arrepiu-me ao lembrar-me dos sonhos que tinha quando, pela última vez, me sentei nas escadas da Sé Velha para ouvir a serenata!

    ResponderEliminar
  2. Pois como te compreendo, também eu tirei o curso faz 8 anos... e apesar de estar a trabalhar, muitas vezes me tenho questionado se valeu a pena... mas acredito que sim... pois embora por vezes não se tire dividendos, o enriquecimento humano e pessoal, não tem preço... Beijinhos

    ResponderEliminar