sexta-feira, 21 de junho de 2013

Tenho andado desaparecida ...

Não me tenho sentido muito inspirada para escrever. Tenho andado pouco em baixo.Isto de estar desempregada(novamente) não é fácil.Mais,quando se é chamado a uma entrevista de desemprego e o que te oferecem são €700 a recibos verdes nos três primeiros meses e depois é ao processo.Fiquei para morrer.

Depois soube que, de onde fui despedida já estão a fazer entrevistas para o lugar que eu ocupava,nem se aguentaram dois meses (e não precisavam de ninguém no meu lugar).É triste...
Agora contratam alguém pelo ordenado mínimo nacional ou até aos €600. É o retrato infeliz do nosso país.

Com tudo isto,não posso dizer que não estou nos melhores dias,mas o que não nos mata,torna-nos mais fortes...

Boas notícias, no passado Sábado fui receber o diploma da pós-graduação.Custou,mas já está concluída.

1 comentário:

  1. Ola :) Não podemos desanimar... Estar desempregado é terrível.. é uma sensação muito má. É ver, todo o nosso esforço, em vão. Não desanimes! Acredita que tens potencial, que és sempre capaz de mais e melhor. A situação em Portugal é precária e a verdade é que as pessoas com o desespero acabam por tentar obter emprego de outra forma, através das cunhas (muito habitual no nosso país) agravando assim a situação para entrevistados que não têm conhecimentos. Ainda me encontro à procura do primeiro emprego e, neste momento, não consigo fazer nada sem um emprego. Para não desanimar, procuro fazer coisas que gosto, como por exemplo ir à praia, passear, fotografar... :) sê forte!! Não desistas! Sê persistente. Demonstra as tuas qualidades em cada entrevista e nunca deixes de sonhar por um futuro mais sorridente :)

    ResponderEliminar