segunda-feira, 30 de setembro de 2013

GNR gasta milhares de euros para comprar medalhas

Pois, é para as condecorações, a GNR prepara-se para gastar cerca de 200 mil euros em medalhas (ver aqui).

E estamos em crise!!! Olhem se não estivéssemos...

quinta-feira, 19 de setembro de 2013

Tesourinhos (deprimentes) das autárquicas

 
Este eu não resisti em deixar aqui...

Papa Francisco

Eis um homem da Igreja diferente. Basta ler, numa entrevista dada aos jornais jesuítas. Para além de falar da homossexualidade, do aborto e da contracepção, o Papa assume-se com "pecador" e simultaneamente "astuto" e "ingénuo". Ver aqui. Isto vai chocar muitos dentro da Igreja católica, principalmente no seio do Vaticano.

Mas, o melhor do Papa Francisco, é o de apelidar como "bispos de aeroporto", os bispos que andam de um lado para o outro em vez de estarem junto do fiéis (aqui).

Este Papa, não tem papas na língua e diz o que pensa e o que sente. Espero, que nada de mal lhe aconteça, pois um homem assim (com poder para ser ouvido), já fazia falta.


quarta-feira, 18 de setembro de 2013

De volta às corridas

Isto de estar 2 meses sem correr não é nada, mas nada bom. Tanto que, 5km mais pareceram 50km.

Cheira-me que, amanhã não haja músculo que não me doa... É a paga para a perguiça.

sexta-feira, 13 de setembro de 2013

Candidato à Câmara de Gaia


Eu ainda não tinha visto e, fiquei de boca aberta. Que retrato maravilhoso deste nosso Portugal.

Pergunto-me se o senhor sabe o significado da palavra "especular"???

terça-feira, 3 de setembro de 2013

Já não sei o que dizer

Morreu mais um bombeiro, este com 19 anos, decorrente do fogo do Caramulo.

Sinceramente, já não sei mesmo o que dizer, nem o que pensar. Ainda mais, sabendo que um dos meninos que ateou o fogo, o fez devido a uma multa que a GNR lhe passou, porque cometeu uma infracção.
Onde é que já se isto!!!

Mal dos que morrem, porque este mesmo preso, a mal ou a bem está vivo. Isso é que é injusto...

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

Desistir

Nunca fui de desistir das coisas. Por muito difíceis que estejam, ou por muito difíceis que se apresentem, sigo sempre em frente e vou até ao fim.

Mas, neste trabalho em que estou, não há nada que me motive, não consigo mesmo. E, o que me apetece é sair um dia e não voltar mais. Não quero continuar aqui. Estou farta disto. Sinceramente, que estou.