terça-feira, 19 de novembro de 2013

Preciso que me deixem dormir

Vivo num prédio impressionante. A vizinha de cima anda sempre a arrastar coisas ou constantemente a deixar cai-las!! Já me questionei se fará mudanças dia sim dia não...

A vizinha do primeiro andar, tem a mania de ir passear os seu dois cães por volta da meia-noite, uma da manhã e andar a gritar pelos seus nomes (Zézé e Gaspar). Depois, por volta das seis da manhã coloca os santinhos dos cães na varanda, que ladram até mais não. Não podem ver outros cães, nem pessoas. Barulho e mais barulho... O senhorio já lhe deu um prazo para dar os cães, pois são queixas e mais queixas dos animais. Mas, a senhora é que tem razão e nada faz. Pelo menos, não colocava os cães na varanda.

Por fim, os vizinhos de baixo. Ainda não percebi quantas pessoas moram naquela casa, pois de vez em quando lá vejo uma cara diferente. Acontece que, a matriarca da família sofre de Alzheimer e pelo que me apercebi já não deve sair do quarto, até mesmo da cama. A senhora não tem culpa, mas de quando em vez, a meio da noite começa a gritar desalmadamente e a bater palmas. Ora o quarto da senhora é por baixo do meu e eu acordo sobressaltada com tanto grito. O que me causa grande admiração e indignação é que ninguém naquela santa casa se digna a ir acalmar a senhora. É deixa-la gritar até se cansar.

Esta foi mais umas dessas noites. Ou seja, a minha pessoa não dormiu descansadamente como pretendia e acordei tão cansada como quando me deitei...

Alguém tem alguma solução? (Que não seja mudar de casa)


Sem comentários:

Enviar um comentário