terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

A revolta dos "prioritários"

Foi ao que assisti hoje no balcão da Segurança Social da Loja do Cidadão das Laranjeiras.

Cheguei às Laranjeiras eram 9.30 e, com pretendia obter informações sobres as contribuições de um cliente, retirei uma senha "prioritária". Julgava eu que uma vez com senha prioritária não iria demorar muito tempo, apesar de estar no número 9 e eu ser o 31.

Problema é que estive na Segurança Social 3 longas horas. E, estava eu bem sentadinha, quando faltavam duas senhas para a minha vez e oiço alguém perguntar, a alta voz, sobre quem tinha senhas "prioritárias", porque era inadmissível que, em cada pessoa atendida nos "prioritários" (apenas uma senhora a atendar), eram atendidas pelo menos 10 pessoas no atendimento geral. Gerou-se um grande alarido, juntaram-se todos e lá foram reclamar para uma portinha onde indicava "Unidade de Gestão" e lá se enfiaram todos.

Penso que, terão perdido a sua vez mas, sob o lema de povo sereno que tem de se revoltar, lá foram eles reclamar.

Sem comentários:

Enviar um comentário