sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Juro que não entendo

O ar espantado dos seres de sexo masculino quando vêem uma mulher a correr sozinha na rua.




Sem comentários:

Enviar um comentário