quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Para ti...

Nesta fase complicada da tua vida, não posso deixar de te dizer o que me custa sentir-te assim. 

Andas triste, sem o teu sorriso que tanto gosto, não dormes, estás desanimado, cansado e até desiludido com o mundo que te rodeia. Também me dói ver-te e sentir-te assim. 

Quando falo contigo, sinto-o na tua voz, nas tua palavras... Nestes momentos, quero abraçar-te, aconchegar-te, consolar-te. Quero dizer-te que não é nada e que está tudo bem, que tudo vai correr bem, que nada de mal vai acontecer, nunca mais. Eu não vou deixar...

Há quem diga que passamos por certas provações por alguma razão. Talvez sim, talvez não. Não sei, não tenho uma bola de cristal. Mas, se tivesse, nada de mal te aconteceria, eu não iria deixar.

Eu estou aqui para te proteger, para te apoiar, para te amparar. Infelizmente não tenho poder para resolver tudo com um estalar de dedos. Bem gostava de o ter.

Só te quero ver feliz, só ter quero ver com a tua atitude positiva que tanto te caracteriza.

Sei que vais sair desta situação ainda mais forte, eu sei que sim. Quando toda esta tempestade passar e o Sol brilhar, vais olhar para trás, sorrir e dizer, "eu triunfei"...

Tu és um guerreiro e nada de te vai derrubar. Eu sei...

Para ti, com todo o meu amor







quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

sábado, 7 de fevereiro de 2015

Chocolate em Lisboa

Adorei o que provei. Então eu que adoro chocolate.

Uma nota: a espera é horrível e lá dentro anda tudo aos encontrões. Acho que deviam mudar para um sítio com mais espaço.