terça-feira, 31 de maio de 2016

Sinceramente que não entendo

As pessoas que não socializam com outras pessoas para além daquelas que integram a sua bolha!!!

Perferem não conviver com um núcleo mais alargado de pessoas em prole de poderem mexericar apenas com os "seus".  

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Sou só eu...

Ou o hino de apoio à selecção é uma valente merda falta de gosto!!!

Por vezes não entendo

A aversão do ser humano à mudança.

Mudar é sempre difícil e, como animais de hábitos, resistimos sempre à mudança. Mas temos de nos adaptar às mudanças por muito que custe. Agora encarar uma mudança como se fosse o fim do mundo, já me causa uma certa estranheza. Não consigo entender... A vida não acabou... Tudo tem solução, menos a morte.

terça-feira, 24 de maio de 2016

Um teste de nervos!!!

Está a chover, chegas à paragem do autocarro e esperas 20m que o mesmo chegue. Assim se conta com a Carris, quando falham autocarros (segundo quem anda naquela carreira todos os dias). A Carris no seu melhor!!!

Depois, apanhas o metro até ao Rato e constatas que as escadas rolantes não funcionam. Considerando que a estação é no fundo dos fundos... Melhor só chegar ao fim da escadaria e veres as escadas rolantes a começar a trabalhar.

Isto é que é testar os nervos logo pela manhã!!!

quarta-feira, 18 de maio de 2016

Destas coisas das mudanças

O que mais me chateia é o pó... Sim o pó que me entra pelas vias respiratórias acima. O pó que me entope o nariz. O pó que me provoca uma coceira na garganta que já não aguento, para não falar da tosse.

Malditas mudanças!!!

segunda-feira, 16 de maio de 2016

Acho que...

estou a enlouquecer ou que me querem deixar louca!!!

Dia 14 de Maio

Ficará sempre na minha memória. Fez este Sábado 11 anos que fui à minha bênção da fitas. Lembro-me perfeitamente do dia, como se fosse hoje...

Foi lindo!!!

terça-feira, 10 de maio de 2016

Nível dos professores portugueses

Um professor não saber o que é um hífen e ainda, com uma voz de espanto, perguntar: "o que é isso !!!" deixa-me boquiaberta...


Não admira o estado do nosso ensino.

segunda-feira, 9 de maio de 2016

Hoje foi dia

De ir fazer o passe. A mudança de instalações está para breve e lá romei à estação de metro do Marquês de Pombal.

Primeiro, não tinha ideia que havia tanta gente para fazer passes. Estive lá cerca de 40 minutos... E eu que adoro esperar!!! Depois, no tempo que estive à espera, observei que passa tanta gente, mas tanta gente naquela estação, que já não me lembrava como era. Eu que já passei por aquela estação todos os dias, mas quando se está de fora, olha-se com outros olhos.

Dei por mim a pensar que, daqui a 15 dias, também volto à azáfama dos transportes, as correrias, o stress de andar um lado para o outro.

Agora, é aproveitar os últimos dias de boa vida (de carro).

Mais um belo...

dia de Primavera!!!

Que treta de tempo...

sábado, 7 de maio de 2016

Análises ao Sangue

Hoje foi dia de análises. Todos os anos faço análises específicas por devido a um nódulo que tenho na tiróide, para controlo.

O problema é que tenho fobia em tirar sangue, porque em criança para me poderem tirar sangue espicaçaram-me os dois braços e até água quente usaram para poderem encontrar as veias.

Escusado será dizer que, morro de medo quando vejo a agulha a aproximar-se do braço. Devido a esta fobia, nunca vou sozinha fazer análises.

Hoje, mal entro e me sento na cadeira, quando o rapaz olha para o meu braço, pergunta-me se era o melhor braço. Franzi logo o sobrolho (mas que raio, pensei eu). Agora, quando ele espeta a agulha e começa a andar com a mesma dentro da carne para apanhar a veia, comecei logo a entrar em pânico e a ver a minha vidinha a andar para trás. Ele deve ter visto a minha cara e perguntou se estava a doer. Não estava, e inicialmente até lhe disse que não, mas ele continuou a "escarafunchar" e eu disse-lhe logo que estava a doer. Porque mais um bocado, caía para olhado. Mas, lá tirou o sangue.

Resumindo, quando saí lá de dentro, tive de me sentar, porque ia caindo para o lado. Tive uma bela de um quebra de tensão. Até mal disposta fiquei.

Agora tenho uma dor no braço daquelas. Logo, já sei que devo estar negra...

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Adolescentes

Na segunda-feira, no concerto dos Muse, fiquei junto a um grupo 5 de adolescentes. Um casal de namorados e mais 3 rapazes.

Um dos rapazes, foi ao concerto, de certeza, para não ser gozado, porque não se mexia e, inclusive, chegou a tapar os ouvidos, em algumas músicas. Completamente deslocado.

Agora, o que mais me impressionou, foi o casalinho. Tal era o "amanso" entre os dois. Aquilo era mãos na braguilha dele, era mãos no peito dela, eu sei lá mais o quê. Só sei que a certa altura tive de lhes dar um empurrão, pois quase caiam para cima de mim.

Não sou puritana, longe disso. Mas, as manifestações de amor em público têm limites. Àqueles dois, só faltava mesmo a cama...Mas, agora, até está na moda o sexo em discotecas e filmar!!! Tudo é possível para este miúdos!!!

Foram a um concerto para os "amansos" e não aproveitaram nada. Dinheiro dos pais deitados à rua. Espero que um dia mais tarde, com mais maturidade, se arrependam de não ter visto o concerto a sério.

Resumindo, daqueles 5 miúdos, apenas dois aproveitaram o concerto.